https://public-rf-upload.minhawebradio.net/108540/slider/bff16473d341a8f636350db82811a9c2.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/108540/slider/30065b47ac95e873f6f27210588efe36.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/108540/slider/9a4f35a6dbfdfdd4d7c064090b59534b.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/108540/slider/dc5071ae35e223888f1635683d2e5490.png
Courtney Love (Hole) - 9 de julho de 1964
10/07/2024 01:38 em Músicos / Artistas

Courtney Love é a aniversariante do dia. Nascida no dia 09 de julho de 1964, Courtney Michelle Love (nascida Harrison) foi vocalista da Hole. Você confere as faixas de Hole na programação da FWR.radio.

Ame-a ou odeie-a, a obstinada, brutalmente direta e sempre polêmica Courtney Love é uma das figuras mais notáveis do rock alternativo. Love chamou a atenção do público por suas performances desinibidas e letras de confronto, bem como sua vida pessoal altamente divulgada após seu casamento com o vocalista do Nirvana, Kurt Cobain. Em 2020, a NME a considerou "uma das cantoras mais influentes na cultura alternativa dos últimos 30 anos".

Depois de passar um breve período em um centro juvenil, ela seguiu a carreira de atriz, aparecendo em papéis coadjuvantes nos filmes Sid and Nancy (1986) e Straight to Hell (1987) antes de formar a banda Hole. O grupo recebeu aclamação crítica da imprensa por seu álbum de estreia de 1991, produzido por Kim Gordon, enquanto seu segundo lançamento, Live Through This (1994), foi recebido com elogios da crítica e vendas multiplatina. Em 1995, Love voltou a atuar, ganhando uma indicação ao Globo de Ouro por The People vs. Larry Flynt (1996). No ano seguinte, o terceiro álbum de Hole, Celebrity Skin (1998), foi indicado a três prêmios Grammy.

Love continuou a trabalhar como atriz no início dos anos 2000, aparecendo em filmes como Man on the Moon (1999) e Trapped (2002), antes de lançar seu primeiro álbum solo, America's Sweetheart, em 2004.

Como escritora, cocriou e coescreveu três volumes de um mangá, Princess Ai, entre 2004 e 2006, e escreveu um livro de memórias, Dirty Blonde: The Diaries of Courtney Love (2006).

Em 2021, Love revelou o projeto Bruises of Roses, uma nova série de vídeos apresentando versões cover de suas canções favoritas.

COMENTÁRIOS